DEPARTAMENTO DE MEMÓRIA E PATRIMÔNIO CULTURAL da Fundarte dá assistência ao Conselho Deliberativo Municipal e Patrimônio Cultural de Muriaé, Compac, que é gestor do Fundo Municipal de Patrimônio Cultural, Fumpac, aonde são feitos os depósitos referentes ao ICMS Cultural que a Fundação João Pinheiro repassa às cidades mineiras.

É responsável pelos laudos técnicos e financeiros anuais, divulgação dos inventários culturais do patrimônio histórico e todos os bens tombados do município, como a Biblioteca Vivaldi Wenceslau Moreira, o Teatro Belmira Vilas Boas, e as Praças João Pinheiro, Cel. Pacheco de Medeiros, Hastenreiter e do Rosário. Tem sob sua coordenação também os bens tombados: Centro Cultural Turístico e Regional Dr. Pio Soares Canêdo, conhecido como Grande Hotel Muriahé, o Memorial Municipal, que abriga o acervo do Museu Municipal e do Arquivo Histórico Municipal.

A partir do exercício de 2022 passará a promover em parceria com o Compac, em anos alternados, o Fórum Regional de Patrimônio Cultural, que já ocorreu em 2018, e o Seminário Nacional de Turismo e Patrimônio Cultural ocorrido em 2019, além do prêmio Maria Bernadete de Andrade Silva de Incentivo ao Patrimônio Cultural de Muriaé que ocorre todo ano. É um órgão atuante desde 1997 que cuida, preserva e promove a valorização da memória cultural do município.

 

LISTAGEM DO

PATRIMÔNIO INVENTARIADO E TOMBADO NO MUNICÍPIO:

Clique neste link para acessar os inventários atualizados

 

 

ATAS DAS REUNIÕES DO

CONSELHO DO PATRIMÔNIO CULTURAL DE MURIAÉ – COMPAC: