O MEMORIAL MUNICIPAL DE MURIAÉ é composto de dois setores: o Museu Municipal José Henrique Hastenreiter e o Arquivo Histórico Municipal Manoel Fortunato Pinto.

O acervo do MEMORIAL MUNICIPAL DE MURIAÉ começou a ser reunido em 1972, pelo Doutor Francisco Rogério de Castro, a fim de formar um museu para a Prefeitura Municipal de Muriaé.

Em 1981 este acêrvo foi transferido à FUNDAÇÃO HENRIQUE HASTENREITER, que fora criada em 1975 por José Henrique Hastenreiter e seus irmãos. Esta Fundação funcionou até os anos 90 com o acêrvo bastante aumentado com doações da família Hastenreiter e de várias outras famílias ilustres da cidade. Neste período foram lançados 7 volumes da REVISTA DE HISTORIOGRAFIA
MURIAEENSE, com artigos de vários intelectuais de Muriaé, contando a história do município.

No fim dos anos 90 todo acêrvo reunido até então, foi transferido à LOJA MAÇONICA LABOR, FORÇA E VIRTUDE que depois, em 2002, o transferiu à Prefeitura Municipal quando passou a ser denominado MEMORIAL MUNICIPAL DE MURIAÉ. O acerco foi reorganizado e, em 2009, a instituição foi oficialmente criada por lei passando a englobar dois setores: o Museu e o Arquivo.