“CIRCUITO SONS DE MINAS 2023” APRESENTA DULDU LIMA E WAGNER TISO


Depois do sucesso em Leopoldina com casa cheia, agora é a vez da cidade de Muriaé receber o emocionante encontro de gerações da música mineira, por meio do ‘Circuito Sons de Minas 2023’.  Será no sábado, 18 de novembro, no Teatro Municipal Belmira Vilas Boas. Patrocinado pela Energisa, o circuito é realizado em formato híbrido com shows presenciais em Leopoldina, Muriaé e Cataguases com entrada franca.
Para abrir a noite deste sábado, 18/11, Nara Pinheiro (voz/flautas) e Marcio Guelber (violão/sanfona/teclados) apresentam um show autoral, mostrando a versatilidade do duo como instrumentistas-compositores, que se destacam na cena da música mineira contemporânea. Nara é vencedora do prêmio BDMG Instrumental, realizando seu show no CCBB de Belo Horizonte e SESC São Paulo. Marcio foi premiado pela Bienal Brasileira de Música Contemporânea, da Funarte e estreou sua obra na Sala Cecilia Meireles, no Rio de Janeiro.
Em seguida, sobe ao palco o grupo mineiro ‘Tata Chama e a Inflamáveis’, independente de música brasileira e experimental, que mostra seu caráter coletivo e identidade plural, permitindo que suas canções transitem entre os diversos ritmos da música latino-americana, misturando elementos sintéticos e orgânicos para construir uma música universal, mas que, ao mesmo tempo, grita Minas Gerais. A banda apresenta o show Fogo-Fátuo, baseado no álbum homônimo lançado em 2022, e é composta por: Alice Santiago – Vocal e Violão, Daniela Zorzal – Baixo elétrico, Eduardo Yroxe – Percussão e Vocal, Chico Cabral – Percussão e Pads eletrônicos, Pedro Brum – Guitarra e voz, Sarah Vieira – Vocal e Flauta transversa e Tata Rocha, Vocal e Teclado.
Fechando a noite um dos mais respeitados grupos instrumentais brasileiros: ‘Dudu Lima Trio’ com Leandro Scio e Caetano Brasil, convidando o maestro, pianista e compositor mineiro de formação erudita, regente e arranjador, Wagner Tiso, celebrando 60 anos de carreira do artista que faz parte da história da MPB. Tiso é um dos maiores nomes de sua geração, autor de grandes clássicos como ‘Coração de Estudante’, composto em parceria com Milton Nascimento, com quem lançou na década de 70 o lendário álbum ‘Clube da Esquina’, eleito em 2022 o maior álbum brasileiro de todos os tempos dentro de uma vastíssima obra.
O trio é formado por Dudu Lima, reconhecido pela crítica especializada como um dos maiores instrumentistas brasileiros na atualidade, virtuose contrabaixista, arranjador e compositor mineiro, com 21 álbuns lançados em 35 anos de carreira, entre eles o icônico ‘Tamarear – Milton Nascimento & Dudu Lima Trio’. Leandro Scio, baterista e percussionista mineiro, integra há mais de trinta anos o Dudu Lima Trio, entre shows e gravações do grupo com grandes nomes da música brasileira e internacional. Mestre das baquetas leva sua categoria e sutileza musical, aos mais nobres palcos do país do exterior, como na Itália, onde o crítico musical “Luigi Onori“ após assisti-lo ao vivo em Roma, durante tour europeia do Dudu Lima Trio,  a ele se referiu na crítica ao espetáculo: “impeccabile il batterista Leandro Scio”.
Caetano Brasil, clarinetista, saxofonista e compositor mineiro, é um dos mais expressivos nomes da nova geração da música instrumental mineira. Sua trajetória vem sendo reconhecida nacionalmente com premiações como melhor instrumentista no BDMG Instrumental, e internacionalmente, com a indicação para o Grammy Latino 2020, na categoria Melhor Álbum Instrumental com Cartografias.
Os shows serão gravados e disponibilizados na plataforma do YouTube, ultrapassando assim o limite das nossas montanhas e levando para o mundo, em sua versão digital a qualidade e excelência da música mineira, mesclando nomes consagrados com novos talentos da cena contemporânea. “A Energisa tem um compromisso forte com a cultura, apoiando as diversas manifestações culturais produzidas em sua área de atuação. Esta é mais uma iniciativa que mostra que demonstra o nosso o propósito de valorizar os artistas brasileiros e reforçar o engajamento com as populações atendidas. Estamos orgulhosos do que estamos construindo na área cultural”, comentou Eduardo Mantovani, diretor-presidente da Energisa Minas Rio.
Antes do show no sábado, Dudu Lima Trio e Leandro Scio farão um workshop na Biblioteca do Teatro Gregório de Mattos Guerra em Muriaé: será nessa sexta, 17 de novembro, às 14h, com entrada gratuita.
O Circuito Sons de Minas – 3ª Edição tem o patrocínio da Energisa, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, sendo produzido por Gravatás Arte & Cultura, Amanita Produções Culturais e Filomena Toledo, com apoio cultural da Fundação Ormeo Junqueira Botelho, Instituto Energisa, Fundarte, Prefeitura de Muriaé, e realização Governo de Minas Gerais – Governo Diferente – Estado Eficiente.