www.fundartemuriae.com.br

Conteúdo

EXPOSIÇÃO RAMON BRANDÃO

Desenhos e Pinturas sobre lona

Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte


Exposição de
 
RAMON BRANDÃO 

Ad Perpetuam Rei Memoriam

Desenho e Pintura sobre lona
 


abertura dia 23 de NOVEMBRO - quarta-feira - a partir de 8h
 
O Artista estará na galeria durante o dia todo explicando
seu processo criativo e a técnica que utiliza.
 
Na Galeria Mônica Botelho 
(Centro Cultural Dr. Pio Canêdo - Grande Hotel Muriahé)
Praça João Pinheiro, 164 - Centro - Muriaé - MG

A mostra permanece em cartaz até o dia 27 de dezembro de 2011


“Pós-modernidade significa o fim da modernidade, e o sentido daquelas grandes narrativas de razão verdade, ciência progresso e emancipação universal que, como se acredita, caracterizam o pensamento moderno a partir do iluminismo”.

                                                                                 

                                                                                                          Terry Eagleton*

 

Na construção desse trabalho o ponto de partida são imagens de objetos industrializados descartados após anos de uso. Automóveis semidestruídos, espaços urbanos abandonados denunciando uma impossibilidade absoluta da restituição do seu sentido utilitário original. Fragmentos que jamais voltarão a integrar um todo. O resultado final de um processo de produção e pensamento de cunho moderno que permeou toda história do século XX.

 

Restam apenas as ruínas das promessas de permanência e universalismo que a modernidade não pode cumprir.

                                                              

                                                                                                             Ramón Brandão

 

 

* Terry Eagleton – Teoria da literatura, uma introdução: 4° ed. São Paulo.

 Ed. Martins Fontes, 2001, p 316



 

 

                                         Currículo

 

Nome: Ramón de Lima Brandão.

Nome artístico: Ramon Brandão.

Data de nascimento: 01 de fevereiro de 1964.

Naturalidade: Juiz de Fora – MG.

Nacionalidade: Brasil

Endereço: Rua Dr. João Pinheiro, nº. 140/101,

Bairro: Jardim Glória

Cidade: Juiz de Fora – MG. CEP: 36015-040.

Telefone: 032(xx)3212 4853. Celular: 032(xx)9966 1111.

E-Mail: ramonbra29@hotmail.com

Blog: ramondelimabrandao.blogspot.com

 

Formação:

Licenciatura em Artes Visuais; Departamento de Artes, Universidade                         Federal de Juiz de Fora, 1993.

Especialização em História do Brasil; Departamento de História,                                Universidade Federal de Juiz de Fora, 2002.

Mestrado em História; Departamento de História, Universidade Federal de                            Juiz de Fora (em andamento).

 

Principais esposições:

1990 - Coletiva “Novos Artistas/Juiz de Fora, Galeria de Arte do IBEU –                             Instituto Brasil/Estados unidos, Rio de Janeiro, RJ; Espaço Mascarenhas,                          Juiz de Fora, MG; Pinacoteca da Univewrsidade Federal de Viçosa, MG.

1990 - Coletiva “Mac 90”, IBAC/FUNARTE, Rio de Janeiro, RJ.

1990 - Primeiro Salão de Arte Contemporânea da Universidade Federal do                          Rio Grande do Sul, Museu Universitário, Porto Alegre, RS.

1991 - Individual “Fragmentos de Civilização”, Galeria Macunaíma,                                       IBAC/FUNARTE, Rio de Janeiro, RJ.

1992 - Mostra “500 Años de Repressión/ muestra abierta internacional de                              arte”, Centro Cultural da Recoleta, Buenos Aires.

1992 - Coletiva “Desenhos”, Espaço Cultural do Portão/Fundação Cultural                           de Curitiba, PR.

1993 - Coletiva “Tríade”, Centro Cultural da UFMG – Universidade Federal                         de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG.

1996 - Coletiva “República do Paraibuna”, Grande Galeria do Palácio das                              Artes/Fundação Clóvis Salgado, Belo Horizonte, MG.             

1998 - Individual, Galeria de Arte da CEMIG – Centrais Elétricas de Minas                          Gerais, Belo Horizonte, MG.

1998 - Coletiva “Mercoarte, mercado de arte do Mercosul”, Museu de Arte                         Juan Carlos Castagnila, Mar Del Plata.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2000 - Individual “Mostruário”, Centro Cultural da UFMG – Universidade                            Federal de Minas gerais, Belo horizonte, MG.

2000/2001 - Coletiva “A Arte de Minas”, itinerante: Belo Horizonte,                                     Barbacena e Uberlândia.

2001 - Individual, Galeria do BDMG – Banco de Desenvolvimento de                       Minas Gerais, Belo Horizonte, MG.

2001 - Coletiva “Terra Brasilis”, Saguão da Biblioteca Central da                                          Universidade federal de Juiz de Fora, MG.

2001/2002 - Primeiro Salão Cataguases-Leopoldina de Artes                                               Visuais/Fundação Comunitária Educacional de Artes, Museu Chácara                       Dona Catarina, Cataguazes, MG.

2002 – VII Salão Internacional de Artes Plásticas do Projeto Cultural Sul,                             Teatro Nacional de Brasília, DF.

2003 - Individual “Arte Sub Júdice”, Espaço Cultural do Tribunal de Alçada                          do Estado de Minas gerais, Belo Horizonte, MG.

2003 - Individual “Ad Perpetuam rei memorian”, Galeria Celina                                 Bracher/Espaço Mascarenhas, Juiz de Fora, MG; Galeria de Arte da CEMIG                    – Centrais Elétricas de Minas Gerais, MG.

2005 - Primeiro Salão de Artes visuais Cataguases-Leopoldina, itinerante:                             Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraíba e Sergipe.

2005 – Coletiva “7 Pecados”, Galeria de Arte Hiato, Juiz de Fora, MG;                    Centro Cultural Paschoal Carlos Magno/Secretaria Municipal de                                          Cultura/Fundação de Arte de Niterói, RJ.

2008 - Individual “Sacrafunchos”, Galeria Celina Bracher, Espaço                                         Mascarenhas, Juiz de Fora, MG.

 

    

                        



  • Abertura da Exposição Ramon Brandão

FUNDARTE

HPMAIS