www.fundartemuriae.com.br

Conteúdo

EXPOSIÇÃO DE BELMIRA CARVALHO

SENSIBILIDADE E ARTE

Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte


Exposição

SENSIBILIDADE E ARTE

de Belmira Carvalho
 
Abertura:
Dia 27 de julho - 19h
Galeria Fundarte
 


A mostra permanece até o dia 12 de agosto

Exposição retrospectiva dos trabalhos de arte, principalmente
gravuras em metal e madeira, desta grande artista muriaeense,
falecida recentemente. Começou no mundo da arte escrevendo
e ilustrando histórias para suas irmãs. Mudou-se para o 
Rio de Janeiro em 64 quando começou a pintar e aprender
gravuras. Estudou também Psicologia, sem no entanto 
abandonar a arte, quando iniciou uma série de desenhos
de retratos do inconsciente.

"Entendo minha arte como sendo a procura de algo através de um diálogo
com o mais profundo do meu ser, a busca do meu dentro ali fora.
Nesta busca 
vou caminhando em direção à minha morada,
morada do coração, do desejo, do amor e da intuição.”

Em sua trajetória artística, pesquisou sobre arte indígena na Escola de Belas Artes de Lima, Peru (1963).
Participou do Congresso Arte na Educação, em Coventry, Inglaterra.
Em 1973, Bel ganhou o prêmio Hour-Concurs de gravura em metal, da Universidade Santa Úrsula.
Em 1994, foi partilhar do Projeto Arte em New York.
Contribuiu com a gravura “Mundo Fantástico”, na VII Biennale Internazionale per l’Incisione”,
em Acqui Terme, Itália, em acervo.


__________________________________________
 
 
No mesmo dia teremos a noite de autógrafos - lançamento do livro:


PROCURANDO ENTENDER O PLANETA

de Ana Maria Carvalho Laurindo
com ilustrações de Belmira Carvalho

O livro tem intenção de reafirmar, para o leitor, a importância da ecologia e da
complexidade das interligações que existem em nosso planeta, e, logicamente, em todo o universo.
A escritora espera que cada leitor possa refletir sobre os graves problemas ambientais
que afetam a humanidade e, assim, mudar sua maneira de viver e olhar o mundo com mais calma,
poesia, admiração, achando algo que se esconde na profundidade dos seres que nos incentiva
sempre a pensar e a encontrar em nosso dia- a – dia, formas de contribuir para a presença da natureza.


"Adoro as artes em todas as suas manifestações, busco observar as coisas em seus mínimos
detalhes, acredito na palavra e em sua força de levar o homem a uma vida melhor.
Este livro é fruto da minha vivência, pois tenho aprendido não só com pessoas, mas também
com bichos e plantas. Para mim, cada ser vivo tem sua sabedoria."


  • Belmira Carvalho
  • Ana Maria Carvalho Laurindo
  • Capa do Livro

FUNDARTE

HPMAIS